t h i a g o  p a e s
fotografia de viagens
v i a j e  p o r t u g a l

June 20, 2019

Esse poderia ser mais um título chamativo de algum livro com lindas capas produzidas, mas que no seu interior não diz lá muito coisa relevante. No entanto, esse título é capa de um livro no mínimo interessante sobre vulnerabilidade.

É preciso muita coragem para se aceitar imperfeito num mundo de pessoas perfeitas, de redes sociais repletas de pessoas bem sucedidas, ainda que saibamos que a realidade não é bem assim.  

...

July 2, 2018

É do meio do campo que a bola rola e os jogadores começam a se espalhar. As coisas se espalham. A felicidade, a tristeza, assim como a vitória e a derrota. E isso é uma certeza. Parto do princípio que só haverá um vencedor se houver um perdedor. Mas não é simples assim. Choro, alegria. Felicidade de muitos, tristeza de muitos. Uns seguem, outros voltam. O grito do narrador na tv se apaga para começar a novela.

A torcida pálida, atônita, confusa, segue em direção ao metrô. As escadas são intermináveis. Hipérboles me consomem. Um homem grande demais em minha frente. Um criança...

June 18, 2018

Enfim saiu do forno. Está pronto. Demorei para imaginar que pudesse estar. Depois de alguns anos de terapia, esmaguei minha síndrome do impostor. Coloquei ela num buraco, espero que tenha tampa. Fechado. Ficou pronto meu primeiro livro, e um livro cheio de recomeços. Será coincidência? não sei. Todo mundo recomeça tantas coisas todos os dias. Sou só mais um. Sim, é um livro de cheio de ficção e de provocadas realidades.

Na introdução, Algumas Palavras. Uma pequena abertura ao leitor com toda a ingenuidade e transparência que a leitura deve ter. Nesse texto introdutó...

June 10, 2018

Eu sinto muito minha amiga. Posso tentar entender o que você está sentindo e quão desesperador é tudo isso. A gente vem num embalo de coisas acontecendo, de emoções e de repente tudo aquilo que precisávamos dizer, escrever, gritar, não saí como esperávamos. Ninguém sente como a gente está sentindo. E tentar dizer da melhor forma o que se sente é uma preocupação que vem de dentro, necessária.

Eu ainda sinto o vento frio do Hyde Park sozinho. Estava com minha câmara na mão e o meu coração batia de forma eloquente, numa mistura de ardentes sentimentos. Tive medo de passar mal di...

June 6, 2018

- Então, adivinhe onde estou.

E a criatura responde: em Dubai.

- algo mais próximo.

- na Europa.

- algo mais íntimo.

- Em Portugal.

- algo mais meu.

- No Rio de Janeiro.

- num lugar mais agitado.

- Já sei, estas em São Paulo.

- Em todos esses lugares ao mesmo tempo.

- como assim?

E a Criatura, decepcionada, mas tocada pela sensibilidade que transforma a realidade em fantasia, permitiu-se ao silêncio como quem se deleita do proibido, do pagão. O Poeta pastor, respeitando o respiro profundo, partiu em busca de outros discípulos. Nunca esquecera da Criatura. Aguardava seu retorno. Sentiu p...

May 27, 2018

Borboletas na janela

De mim eles tudo queriam. Tudo que estivesse ao seu alcance deveria ser sugado. A gente não percebe nas pessoas quão grande é seu egoísmo até que de repente borboletas aparecem na janela. De todos os sentimentos que existem, o egoísmo talvez seja aquele mais profundamente degradante. Ele vai corroendo o ser, até que a gente perceba ser presa e não querer sê-la. Nem mesmo predador.

Existem as formigas, os mirmecófilos, e outras lagartas, as aranhas, os louva-deus, as vespas, aí vem as borboletas como presas fáceis da poesia, da rede de caça, a mesma que enj...

Please reload

bem-vindos ao Luzes Brandas, nosso espaço para compartilharmos experiências incríveis, pois como diria Fernando Pessoa, "assim me construo a ouro e sedas, em salas supostas, invento palco e cenário, para viver o meu sonho, entre luzes brandas e músicas invisíveis." 

                                  Thiago

Novo Kindle 10a. geração com iluminação embutida 

onde encontrar "O Livro do Recomeço"

submarino.com

editora InVerso

Curitiba

(41) 3778-7150

  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram
booking com.png
Imagem1.jpg