Viagem EnoGastronômica à

Portugal

Embarque com a gente neste roteiro preparado com todo carinho para quem deseja conhecer ou voltar a Portugal de uma maneira diferente.

Esse exclusivo roteiro de Norte a Sul de Portugal foi preparado para quem deseja compartilhar bons momentos de suas viagens com amigos, tomando um vinho e saboreando histórias inesquecíveis das cidades lusitanas.

Nossa intenção é fazer você se surpreender com a arte do vinho, uma bebida milenar, que atravessou a história e hoje forma a cultura daquele país. Nossa viagem a Portugal é mais que uma viagem a turismo, é para quem deseja se divertir e se apaixonar por essa cultura fascinante. Queremos fazer você ingressar no mundo dos vinhos de maneira leve e descontraída, compartilhando bons momentos durante e depois da viagem.

 

                     E por que fazer uma viagem pelas regiões vitivinícolas portuguesas?

 

Justamente por ser o vinho a base fundamental da cultura portuguesa, resquícios dos romanos que lá estiveram há séculos e hoje é território protegido como Patrimônio da Humanidade. Além disso, o vinho é uma bebida agregadora, que atraí uma boa conversa com amigos, e nos remete as mais lindas regiões do mundo.

Por isso, Convidamos você a conhecer Portugal de uma maneira diferente, uma viagem pela história e sabores em terras lusitanas.

Neste Roteiro preparado especialmente para esta viagem iremos conhecer a Região do Douro, uma grande extensão de terras que nos levará a alguns vilarejos e cidades tombadas pelo Unesco. A experiência de andar pelas vinhas que produzem o vinho do Porto é indescritível.

 

Ainda no Douro faremos um passeio de barco pelo Rio por entre paredões de vinhas e oliveiras, ladeado pelas famosas Quintas (Os vinhedos portugueses). 

 

E melhor, teremos a oportunidade de entrar em algumas dessas Quintas produtores dos Vinhos do Porto, e faze degustações dos vinhos ali produzidos. 

Um pouco mais sobre A arte do Vinho... 

muito pode ser dito sobre a arte de degustar essa bebida apreciada há milênios. O vinho, antes de qualquer coisa, é uma bebida diversificada, pois é elaborada por diversos produtores os quais colocam suas peculiaridades em sua produção. As castas (tipos de uvas) refletem o terroir  fazendo com que ao degustarmos um vinho, estejamos bebendo as propriedades de uma região.

Isso faz nascer vinhos que nos levam a lugares espetaculares, próximos ao mar ou às montanhas, regiões que encantam pela beleza do relevo, modelado por vinhas e oliveiras. 

Em Portugal, lugar que fascina entre outras coisas pela cultura vitivinícola milenar, podemos encontrar regiões produtoras com Denominação Origem Controlada (DOC) e também vinhos regionais (muitos deles que nem mesmo são exportados para o Brasil).

 

É também um dos lugares com grande variedade de castas e um dos únicos com as mais antigas vinhas do mundo, o que proporciona uma variedade de vinhos interessantes e apreciados no mundo todo.

​É por tanta história que é realmente possível dizer que beber vinho é uma arte. E como toda manifestação artística, cada um interpreta a sua maneira, ou seja, o bom vinho é aquele que a gente gosta.

E nada melhor do que lembrarmos com todo carinho da nossa viagem quando estivermos entre amigos degustando um dos vinhos que conhecemos em Portugal.

Conheça mais sobre nosso Roteiro

Em Porto, além das Caves (muitas delas pertencentes a aristocratas famílias inglesas há mais de 300 anos), onde estão estocados partes da produção dos vinhos, conheceremos o centro histórico da cidade, o Palácio da Bolsa onde eram comercializados, A Estação de São Bento e os inigualáveis azulejos, o Mercado da Ribeira, o tradicional Café Majestick, os barcos de Rebelos, a ponte construída por Eifel e tantas outras atrações nessa cidade que é a segunda mais importante de Portugal.

A gastronomia do Norte de Portugal nos levará a desfrutar a reinvenção de pratos tradicionais como a francesinha, o bacalhau confitado, a feijoada portuguesa entre outros. 

Partindo de Porto não poderíamos deixar de ir a C o i m b r a, cidade com uma das Universidades mais antigas do mundo e com cursos regulares. A sua história remonta ao século seguinte ao da fundação da nação portuguesa, sendo fundada em março de 1290. 

 

Organizada em oito faculdades, a universidade oferece cursos de arquitetura, educação, engenharia, humanidades, direito, matemática, medicina, ciências naturais, psicologia, ciências sociais e desporto

 

A Universidade de Coimbra possui aproximadamente 25 mil estudantes, abrangendo uma das maiores comunidades de estudantes internacionais do mundo.

Como nossa viagem não é somente sobre vinhos, também iremos ao berço de Portugal, a cidade onde o país nasceu. Guimarães é uma linda cidade pacata e cheia de história que vale muito a pena conhecer. A igreja da Penha, o Castelo de Guimarães, no distrito de Braga.

E num país com tamanha religiosidade como é Portugal, não poderíamos deixar passar uma tarde no Santuário de Fátima local de uma paz e serenidade que só mesmo a fé é capaz de mensurar.

 

O Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, é expressão ao pedido de Nossa Senhora do Rosário, aludido já em 13 de agosto de 1917 e expressamente indicado na aparição de 13 de outubro desse ano a Lúcia de Jesus, Francisco Marto e Jacinta Marto: «Quero dizer-te que façam aqui uma capela em minha honra, que sou a Senhora do Rosário» (Primeira Memória da Irmã Lúcia). 

Para relaxar, nada melhor do que estar próximo ao mar em pleno verão europeu. Chegaremos a CASCAIS, a riviera Portuguesa. Uma região de praias charmosas, onde chegaremos até o ponto mais setrentional da Europa.

Em Sintra, que já foi um município romano (49a.C a 30a.C) visitaremos Palácio Nacional da Pena, uma das melhores expressões do Romantismo arquitectónico do século XIX no mundo, construído cerca de 30 anos antes do carismático Castelo de Neuschwanstein, na Baviera.

Nosso Roteiro Inclui ainda a medieval Évora, quase na fronteira com a Espanha, e que em 1986, teve o centro histórico tombado pela UNESCO.

 

É também epicentro da Região do Alentejo, produtora dos Vinhos Regionais do Alentejo e de azeites de referencia internacional.

E por fim, a vibrante Lisboa. Uma cidade única, cosmopolita e cheia de atrações históricas.

 

Com uma forte ligação com as Américas, em especial com o Brasil (ex-colênia portuguesa) relembrada no monumento dos Descobridores, na literatura de Fernando Pessoa. É também uma cidade encantadora por sua arquitetura e recebe turistas de todo o mundo.

Ou seja, é uma viagem para rechear seu coração de boas lembranças, história, cultura e com certeza a adega com os mais importantes vinhos de várias regiões de Portugal.