África do Sul: Dois dias em Johanesburgo

Atualizado: 20 de Ago de 2018

Que delicia começar essa viagem por Johanesburgo. A cidade me surpreendeu por sua fantástica gastronomia, hotéis integrados a shoppings, café da manhã excepcional, mas também pelas distâncias de um bairro a outro.


Tudo é longe! Do aeroporto para Sandton são em torno de 50min. De Sandton a Melrose Arch são mais 20min. Os funcionários do hotel falavam em não sair do complexo (hotel/shopping) devido à falta de segurança. Mas não nos sentimos inseguros.



Um festival gastronômico! O restaurante #Moyo em Melrose Arch tem um cardápio fantástico, totalmente típico. Comida apimentada, o famoso #Kudu, vinhos da região neste bairro com muitas outras opções como o Jamie Olivier, Paul, etc. Vale conhecer o local, anota aí: #MelroseArch.



A região de Sandton é conhecida também pelo Mandela Square onde estão boa parte dos hotéis e restaurantes. Varias torres dão acesso direto aos hóspedes. Lojas de todos os tipos e marcas. De souvenires a grifes internacionais. Vá até o rooftop do hotel San Sandton. Não é bem uma cobertura, mas um grande jardim aberto com vista da cidade. Ótimo para um drink com amigos.



Mesmo em tão pouco tempo na cidade, inevitável conhecer o museu Nelson Mandela. Um lugar emocionante. Fotos, relatos e registros históricos de uma das histórias mais marcantes do mundo.



DIA 1 - Check in em Sandton, aprovetar o restante do dia para conhecer o Mandela Square (lojas, restaurantes) final do dia roof top do Hotel San Sandton (a entrada fica ao lado da loja da Prada no Mandela Square). O Hotel Michelangelo é excelente, confortável, com sauna, piscina, restaurante italiano no lobby. ) Café da manha é espetacular. Atenção, pois há 3 hotéis da mesma rede e com o mesmo nome. O que estou reltando é o Hotel e não as torres. Reserve pelo booking veja mais AQUI.


DIA 2 - Passeio com o ônibus Hop on Hop off (citysightseeing). Inicia em Rosebank. Há transfer de Sandton para Rosebank. Pode iniciar em qualquer outra região. Vale a pena para entender um pouco mais a cidade. Caso não faça este passeio (o que também é recomendado) faça um tour direto para o museu do Apertheid e Soweto que ficam próximos. Veja mais sobre o ônibus de turismo AQUI.


Minhas melhores considerações: Não acho que Johanesburgo seja uma cidade totalmente turística, neste quesito é totalmente diferente de Cape Town. Além disso, fala-se muito da violência local. Imerso no complexo de Sandton dificilmente poderíamos constatar como é a sensação de violência. Muitas pessoas procuram a cidade por ser o melhor destino para ir ao Safari. É do aeroporto de Johanesburgo que saem a maioria dos vôos para o Kruger Park ou outras regiões com safaris particulares (game reserve). Caso não deseje conhecer a cidade, veja os hotéis no aeroporto que são ótimas opções para longas conexões.




23 visualizações