top of page
  • Foto do escritor@paespelomundo

Festa das Luzes de Joinville espalha luzes e arte no centro da cidade

De 28 a 30 de junho, Joinville ficou mais colorida. Isso porque a cidade recebeu a segunda edição da Festa das Luzes, circuito de arte pública e tecnologia que iluminou o Centro. O evento gratuito, foi realizado por meio do Programa de Incentivo à Cultura (PIC) e teve mais de 20 atrações entre nacionais e internacionais, como projeção em prédios, performances, shows e muito mais.


fachada de predio iluminada com luzes coloridas
fachadas de prédio do centro da cidade de Joinville marcada pelas luzes dos artistas internacionais foto: Thiago Paes

“Acreditamos que a arte e a tecnologia têm o poder de provocar questionamentos, despertar sensações e criar conexões profundas. Estamos determinados a iluminar o mundo com a nossa criatividade”, destaca o organizador do evento, o artista joinvilense Leandro Mendes, o Vigas. Toda a programação é gratuita.

Obras de arte nas fachadas do Centro


Uma das grandes atrações foi o videomapping, técnica que consiste na projeção de imagens e animações na superfície de prédios. Dessa forma, o evento transformou o Centro de Joinville em uma verdadeira obra de arte, dando vida à paisagem urbana da cidade.


grupo de pessoas entre predios do centro
Adriano e Bianca Silva, prefeito e primeira-dama de Joinville circulam pelo centro da cidade na Festa das Luzes foto: Thiago Paes @paespelomundo

Programação Musical, intervenções urbanas e muito mais

Para além do videomapping, a festa também trouxe diversas atrações musicais para a população. Três palcos com DJS (MAJ Sound, Maré Baixa e Jardim Sonoro) com concertos totalmente gratuitos dão ainda mais vida ao circuito.


Fora isso, destacaram-se a Lampejo - Feira Criativa e as instalações luminosas. Neste ano as maiores expectativas estão nas três obras gigantes "Siga Flutuando", do artista paulista Flip, um inflável com oito metros de altura; "String Theory", do artista norte-americano Jason Peters e na "Light Falls", do artista joinvilense Vigas, uma "cachoeira de luz" instalada na fachada do Museu da Imigração e Colonização.


Vigas com megafone atras luzes projetadas no muro
Artista Visual Vigas faz visita guiada pelas luzes projetadas nos prédios.

Depois de passar por quatro países, a obra "Light Falls", do artista Vigas, foi instalada na fachada do museu.


Em um painel de Led, foi possível conferir o trabalho de vários artistas locais, que conquistaram a oportunidade através de uma seleção, e que expuseram na "Mostra Aberta"


mulher pinta e projeta luzes numa mesa preta com luminaria
Artistas Nacionais e Internacionais participaram da festa

Destaque na Festa das Luzes em 2022, a performance de arte e tecnologia "Suave Ciclo" voltou na segunda edição do evento. Em uma bicicleta, VJ Suave, composto pelo duo Ceci Soloaga e Ygor Marota, estampam os prédios do circuito com luz, cores, tecnologia e formas animadas; A rua também foi tomada pela música através do grupo maracatu Orum Ayê que fez um desfile em formato de cortejo ao som das músicas tradicionais da cultura.


A Festa das Luzes de Joinville conta com o apoio da Epson, Favretto, Belas Artes e Base Comunicação Visual e incentivo da Celesc, Tigre, Buschle & Lepper, Piraquê, Ciser, Schulz e Siedschlag Embalagens.


frente do museu com intervenção e luzes azuis
intervenções artísticas na cidade de Joinville já fazem parte do calendário anual da cidade. Foto: Thiago Paes

Confira como foi a Festa das Luzes e as próximas edições no instagram @festadasluzesjlle



luzes coloridas projetadas em obra de art na cidade
Luzes projetadas em obras de arte

Comments


bottom of page