top of page
  • Foto do escritor@paespelomundo

Mergulho no paraíso: Fernando de Noronha convida a desvendar a rica fauna marinha o ano inteiro

Famoso pelas praias paradisíacas, pousadas de alto padrão e restaurantes incluídos entre os melhores do Brasil, o Arquipélago de Fernando de Noronha é também grande referência para quem deseja desfrutar da prática do mergulho. A ilha descortina uma rica biodiversidade marinha e um visual inesquecível debaixo d’água, que podem ser apreciados durante todo o ano, de janeiro a dezembro.


homem mergulhando com tartaruga abaixo
Mergulho em Noronha - foto: divulgação

Para os interessados em desvendar este maravilhoso universo das águas noronhenses, uma explicação apenas a ser feita: a depender da época do ano que ele visite a região, o mergulho será realizado na porção de mar que separa a ilha do continente brasileiro ou na parte de litoral com mar aberto, por onde se chega a outros países.


Funciona assim: de junho a novembro, os mergulhos acontecem normalmente no mar de dentro (entre o continente e a ilha), e de dezembro a maio, no mar de fora (o lado oposto ao continente brasileiro). Seja qual for a região, a experiência promete ser única.


Noronha está entre os destinos que possuem a maior diversidade de pontos de mergulho do mundo, considerados verdadeiros paraísos submarinos. São cavernas, grutas, aglomerações de corais, paredões e naufrágios que reservam inúmeras surpresas.


mulher mergulhando com pe de pato laranja
mergulho em Noronha foto: divulgação

De acordo com Murilo Del Vechio, da equipe da empresa de receptivo Noronha Tour, o melhor ponto de mergulho é aquele onde o praticante se sinta confortável, seguro e inserido em um ambiente natural e diverso. “Importante sempre mergulhar com segurança dentro dos limites físicos e de treinamento. Em Fernando de Noronha, há regras específicas da Unidade de Conservação (Parnamar/FN) que devem ser seguidas, como a proibição do toque, coleta ou perseguição dos animais marinhos”, lembra o especialista.


Com o apoio de profissionais certificados, o mergulho é considerado uma atividade segura e inclusiva, podendo ser realizado também por pessoas com deficiências, exceto se houver alguma contraindicação médica. Não existe também limite de idade. Crianças a partir dos oito anos, em geral, já estão aptas a realizar o mergulho de batismo, que é conduzido por um instrutor de forma individual.


peixes pretos parecendo tambaqui
Mergulho em Noronha

Prática bastante procurada em Fernando de Noronha, o batismo serve como iniciação na experiência do mergulho. Neste formato, o participante atinge profundidade máxima de até 12 metros por um tempo aproximado de meia hora.


Segundo a presidente da Associação das Pousadas de Fernando de Noronha (APFN), Lúcia Smith, há várias experiências positivas que as pessoas que mergulham em Noronha costumam relatar. “A Ilha já ganhou noticiário internacional até mesmo por causa de pedidos de casamento embaixo d’água. Mas, sem dúvida, alguns dos maiores benefícios da atividade são entrar em contato com a natureza, observar a fauna marinha, ter uma maior consciência ambiental, além de aspectos psicológicos como a superação do medo, a euforia de viver uma nova experiência e o autoconhecimento”, atesta.

Também é possível, durante a visita a Fernando de Noronha, obter a certificação em mergulho. Ela é adquirida após a realização de um curso, respeitando todas as etapas do treinamento. O mergulhador torna-se apto a realizar imersões em qualquer lugar do mundo, respeitados os limites do treinamento realizado.


mulher mergulha com peixes em baixo
mergulho

Além do mergulho de cilindro, a nitidez das águas de Noronha, considerada uma das melhores do mundo, permite também observar muitos animais marinhos apenas com o uso do snorkel. Os locais mais indicados para este tipo de vivência são a praia do Porto, a Baía do Sancho e a dos Porcos.


Iago Dino, também da equipe da Noronha Tour, reafirma que não há nenhum momento específico do ano que impossibilite a prática dos mergulhos. “Dá para mergulhar o ano todo, porém, por se tratar de uma ilha oceânica, há variações das condições do mar que podem adiar a saída ou entrada de embarcações na área do porto”, finaliza.

Animou-se para desvendar este planeta fantástico sob as águas de Fernando de Noronha? A Associação das Pousadas de Fernando de Noronha conta com um time de quase 30 pousadas que oferecem hospedagem de perfis variados para tornar a viagem ainda mais inesquecível.

No time de associados estão pousadas como: Akanã, Atobá, Beco de Noronha, Colina, da Mana, da Villa, Dolphin Hotel, Floresta Nova, Germana, Lua Bela, Paraíso, Morena, Malibu, Morro do Farol, Mar Atlântico, Nannai Noronha, Paraíso, Simpatia da Ilha, Solar do Pico, Triboju, Tubarão, da Vila, Verdes Mares e Zé Maria. É possível efetuar reservas diretamente pelo site www.vaparanoronha.com.br. A associação também está no Instagram por meio do perfil @vaparanoronha.

Comentarios


bottom of page