top of page
  • Foto do escritor@paespelomundo

COMO FAZER O TESTE COVID EM CASA EM CURITIBA

Com o aumento dos casos de Covid nesse mês de janeiro/22, vale conhecer os tipos de testes que podem ser feitos.


Em Curitiba, a Wimed, empresa especializada em multidiagnósticos e imunização, realiza exames a domicílio e fornece laudos bilingue, o que facilita para viajantes.


Por dentro dos testes

  • Point of Care (PoC) - são os testes rápidos. Podem ser realizados no próprio local de coleta da amostra, com resultado rápido (15 minutos), como se fosse um laboratório portátil.

  • Teste de antígeno - é o que detecta o vírus no corpo através da detecção da proteína viral na amostra, que é coletada com um cotonete comprido que se coloca dentro da narina. Esse teste é indicado para quem apresenta sintomas compatíveis com o coronavírus e/ou suspeita de contágio devido ao contato com alguém sabidamente detectado. Por apresentar um resultado rápido possibilita a orientação de isolamento imediato.

  • Teste de anticorpos - não detecta a presença do vírus, mas os anticorpos (IgM e IgM) no sangue. Serve para saber se a pessoa já foi infectada com o vírus.

  • Exame molecular - o exame utilizado para testagem de Covid-19 é o RT-PCR. Analisa a presença do material genético do vírus (RNA viral). É o teste padrão-ouro no diagnóstico da doença, com avaliação conjunta aos sintomas. Este teste precisa de um tempo maior para ser processado, mínimo de 24 horas. Indicado para quem apresenta sintomas compatíveis com o coronavírus e/ou suspeita de contágio.


  • Painel Respiratório para detecção de 24 patógenos – Conhecidas também como síndrome gripal, resfriado ou viroses, as infecções respiratórias são as principais causas de morbidade e mortalidade em pacientes pediátricos e adultos em todo o mundo. Através das mais avançadas tecnologias moleculares, a Wimed é capaz de detectar em uma única amostra 24 diferentes patógenos.


Realizei meu teste em casa e além de rápido e prático, o laudo estava disponível em poucas horas pelo site.

A testagem em massa é uma maneira eficiente no combate à pandemia que deve ser somada às medidas de prevenção como uso de máscaras, lavagem das mãos e uso do álcool em gel.


A médica e infectologista do Hospital INC, Mireille Spera, considera que é a partir dos dados da testagem “que teremos a epidemiologia local”. “Com o monitoramento dos testes rápidos podemos antecipar campanhas de vacinação como da gripe, intensificar a campanha contra Covid e abranger o maior número de pessoas. Pode-se aplicar o isolamento de forma rápida e eficaz das pessoas positivas reduzindo assim o número de contaminados e quebrando a cadeia de transmissão da doença”, aponta.


“A testagem rápida freia a contaminação por parte de assintomáticos e oligossintomáticos (poucos sintomas) e libera pessoas da quarentena, que com seis a sete dias de doença que já passam a não transmitir mais a doença”, acrescenta o médico e otorrinolaringologista Gustavo Fabiano Nogueira.


O crescimento diário do número de casos da Covid-19 e de Influenza relacionado às festividades do final de 2021 atingirá o ápice das consequências nesta segunda semana de 2022, de acordo com profissionais da saúde e especialistas que monitoram a situação epidemiológica. Não por acaso, as filas de testagem crescem de forma expressiva.


Só a Wimed, registrou um crescimento sete vezes superior na quantidade de testes realizados na semana passada (primeira do ano), na comparação com a última semana de dezembro de 2021, que já vinha em uma crescente.


Esse aumento também está atrelado às soluções de testagem trazidas pela empresa como o 3 x 1, que apresenta um resultado em 15 minutos e é capaz de identificar simultaneamente a presença de três vírus: Covid-19, Influenza A e Influenza B, com a coleta de apenas um swab nasal. O teste tem sensibilidade de 96,41% para Sars-Cov-2; 97,44% para vírus Influenza A e 90,63% para vírus Influenza B. Com a coinfecção, em que o paciente é diagnosticado simultaneamente pelo coronavírus e o vírus Influenza, o 3 x 1 ganha ainda mais adesão.


Sobre a WiMed

A WiMed, especialista em multidiagnósticos e imunização, é o laboratório pioneiro em atendimentos Point of Care Testing (POCT) no Paraná. Além de oferecer testes rápidos, realizando serviços remotos e personalizados, a WiMed é uma das 10 empresas associadas que fazem parte do Grupo LCA - Laboratórios Clínicos Associados e segue programas de controle de qualidade PNCQ, PELM e certificação ISO 9001, sempre visando a excelência em análises e diagnósticos. Saiba mais sobre a WiMed em: www.wimed.com.br . Acompanhe novidades pelo Instagram: @_wimed

Comentarios


bottom of page