top of page
  • Foto do escritor@paespelomundo

Zé Celso encontra Amazônia na Sala de Imprensa do 32º Festival de Curitiba

Artistas e jornalistas celebram o teatro no ambiente tematizado que homenageia ícone da dramaturgia brasileira


mesa de canto com porta retrato e foto de zé Celso
fofo: Daniel Sorrentino

Mantendo a tradição de acolhimento com arte e cultura, a Sala de Imprensa do 32º Festival de Curitiba recebe jornalistas, influencers e artistas num espaço único tematizado para esta edição. Em uma homenagem vibrante à vida e à obra do inesquecível e icônico Zé Celso Martinez Corrêa (in memorian), a Sala de Imprensa, localizada na suíte 117 do Mabu Curitiba Business (centro de Curitiba), apresenta um ambiente decorado inspirado na exuberância da Floresta Amazônica para as entrevistas diárias. Em seu último trabalho, o dramaturgo, falecido em 2023, transformou em peça teatral a trajetória, a luta e a cultura do líder indígena Davi Kopenawa e do povo Yanomami. "A queda do céu" deve estrear ainda este ano.


Com esses elementos de criatividade e brasilidade em mente, o escritório de arquitetura Jordana Fraga criou um ambiente contemporâneo que celebra a rica cultura brasileira e o compromisso - necessário - com a preservação ambiental. Inspirado pela paixão e energia de Zé Celso, o espaço combina elementos da natureza, arte e teatro para criar uma experiência imersiva e inesquecível para os visitantes. Da densa vegetação à vivacidade das cores, cada detalhe foi cuidadosamente selecionado para transportar os espectadores para a majestosa Floresta Amazônica.


Esculturas de pássaros de papel planam em um espaço com o MDF da Guararapes com a montagem da Felice Planejados; uma vista aérea do maior santuário da fauna brasileira; um painel em papel de parede com elementos da natureza e persianas, ambos da Capri Decor; móveis em tons naturais Masotti; tapetes com características sustentáveis e tingimentos com materiais naturais e a projeção de uma textura única da Useecor com imagens artísticas dos quadros da Moldura Minuto criam uma sensação de magia e reverência à natureza, evocando o espírito selvagem e cativante da Amazônia. A proteção das texturas de estofados e tapetes do espaço foi executada pela Premyer.


sala com tapete verde sofa lateral, ao fundo mais dois sofas e bancos laranjas.
foto: Daniel Sorrentino

“Além de proporcionar uma experiência estética deslumbrante, o ambiente decorado com objetos em formas orgânicas e texturas naturais da Casaadentro serve como um lembrete poderoso da importância da preservação da Amazônia. Por meio da arte e da criatividade, buscamos inspirar a conscientização e o apoio à conservação deste ecossistema vital”, afirma Jordana Fraga.

Comentários


bottom of page