top of page
  • Foto do escritor@paespelomundo

Luxo Brasileiro reúne natureza, aromas e um lindo por do sol nas Cataratas de Iguaçú


Nosso destino este mês foi Foz do Iguaçu, no estado do Paraná. Uma cidade repleta de atrativos que ultrapassam as fronteiras entre Brasil, Paraguai e Argentina.


Não dá para falar em Foz, sem falar das Cataratas do Iguaçu. Esse conjunto de cerca de 275 quedas de água no rio Iguaçu localizada entre o Parque Nacional do Iguaçu, no Brasil, e o Parque Nacional Iguazú em Misiones, na Argentina, exatamente na fronteira entre os dois países.


As Cataratas do Iguaçú são umas das mais lindas obras da natureza. Mesmo quando a queda d’água não esta em sua melhor vazão, o espetáculo harmônico das quedas d'água é emocionante.


Belmond Hotel das Cataratas

E de frente para as Cataratas, um charmoso e suntuoso hotel chama atenção por suas formas coloniais e sua cor rosa, desurbanizando a fronteira brasileira, em favor do verde natural do Parque do Iguaçu.


Inaugurado em 4 de outubro de 1958, hoje possui 187 apartamentos e suítes. Restaurante, terraço externo, bar e quiosque na piscina. Piscina adulto aquecida e infantil, SPA, quadra de tênis e academia. Tours pela floresta tropical com guia ecológico e esportes de aventura.


Descer a trilha que leva até bem próximo as quedas d’água (boca do inferno), é uma aventura que requer bom preparo físico. São muitas escadas, sobe e desce em espaços úmidos. E como as Cataratas são um destino acessível, um elevador no pátio principal leva todos aqueles que precisam ou buscam acessibilidade até a queda d'água principal.


A presença dos Quatis deixa o passeio ainda mais emocionante. Prepare-se! Eles já sabem que as sacolas dos turistas desavisados têm um lanchinho. E são certeiros! O que deixa tudo mais divertido.


O por do sol é impressionante, digno de cartão postal nacional. Logo percebemos que o hotel proporciona muito mais que uma hospedagem confortável: é uma conexão com a natureza, cultura, cores, aromas brasileiros.


No jardim externo, hóspedes fazem piquenique especialmente preparados por um staff atencioso e discreto. Na parte interna do hotel, um lindo jardim com inúmeras orquídeas leva você até a região da piscina, onde fica também um dos restaurantes.


Bebidas diversas que misturam sabores bem brasileiros proposcionam uma experiência gastronômica tropical e sofisticada, valorizando produtos e produtores locais.



A imersão no verde do Parque Nacional do Iguaçu proporciona uma experiência única. Hospedagem, arquitetura e design marcados por estampas coloridas, móveis em madeiras, aromas de frutas, especiarias tipicamente brasileiras. É a definição mais sutil e sofisticada do que é o luxo brasileiro.


O serviço do hotel é impecável!


O hóspede é recebido na entrada do parque, onde uma Van exclusiva conduz até ao hotel, a cerca de 9km. Carros particulares são proibidos dentro do Parque Nacional.


Nosso quarto era completamente de frente para a entrada do hotel e também para o por do sol das cataratas. Amenities Granado, além do serviço de quarto 24h e deliciosos mimos bem conhecidos como brigadeiros e doce de leite no quarto completavam essa brasilidade.


Além de ter sido uma experiência especial conhecer as Cataratas do Iguaçu por meio do Belmond Hotel das Cataratas, o hotel possui uma trajetória interessante.


Apesar de ter sido inaugurado como hotel pelo Presidente Juscelino Kubistchek em 1958, a primeira construção no local se deu bem antes, em 1939.

Muitas outras histórias permeiam a trajetória do Hotel das Cataratas, como a do barman, um austríaco que se transformou em gerente geral do hotel; ter sido administrado por 46 anos pela Varig (uma das maiores cias aéreas do Brasil), quando ainda se chamava Hotel Tropical das Cataratas;


Um hotel memorável!


As Cataratas do Iguaçu foram escolhidas como uma das sete maravilhas naturais do mundo, organizada pela Fundação New 7 Wonders. As cataratas estavam entre as 28 finalistas da campanha, que durou até 2011 quando provavelmente atingiu o número de 1 bilhão de votos. Outra concorrente brasileira e também vencedora no concurso foi a Floresta Amazônica.


De fato, uma das memórias mais inesquecíveis de minha primeira vez nas Cataratas será sem dúvidas esse incrível por do sol.






Comments


bottom of page