top of page
  • Foto do escritor@paespelomundo

COSTA RECEBE 400 AGENTES DE VIAGENS E CONVIDADOS NO MAIOR NAVIO DA EMPRESA ITALIANA NO BRASIL


Depois de uma temporada incerta e repleta de sobressaltos devido as consequências da covid-19 no país, a Costa Cruzeiros optou por marcar presença no litoral brasileiro ainda que por menos dias do que o esperado.


E o encerramento dessa temporada se deu em clima de confraternização entre agentes de viagens, jornalistas, influenciadores de viagens e convidados no Costa Weekend 22, no Costa Diadema.



Uma série de atividades que incluíram treinamentos sobre os novos navios, lançamento do novo programa de fidelidade, homenagem ao estado de Santa Catarina e ao porto de Itajaí foi a pauta da semana.



Com 11 mil km de extensão e 175 portos (entre de passageiros e somente de cargas), o Brasil tem potencial para ser um grande polo de cruzeiros no mundo e atrair mais navios, o que reflete na atividade econômica de dezenas de cidades e de milhares de empregos por todo o país.




Quanto mais se conhece sobre a vinda dos cruzeiros e os impactos positivos que ela causa na economia local, maior a possibilidade de aproveitar as oportunidades que a atividade oferece.


“Até esse momento estávamos operando apenas como investimento. Iamos trabalhar nessa temporada para ter um retorno, pois já temos uma equipe montada para isso. O navio atende vários idiomas: temos guias, tradutores. O cancelamento dos navios foi realmente frustrante! relata Edilene Barros da Luck Receptivo em Maceió, Alagoas.

Os navios representavam por mês 30% do nosso fluxo, além de Maceió, atendíamos no porto de Salvador. Já havíamos organizado toda essa logística para a retomada ainda nessa temporada, não dava pra demitir ninguém, já havíamos pago 50% dos transportes terceirizados, ressalta.

Segundo o presidente executivo da Costa Cruzeiros para a América do Sul, Dário Rustico, “é hora de olhar para frente”, sem esquecer o passado recente e todo o aprendizado e principalmente o apoio dos destinos para que essa temporada acontecesse, para que fossem superadas as adversidades regionais.


Por isso, a homenagem ao Estado de Santa Catarina, um dos protagonistas do apoio a volta dos cruzeiros ainda nessa temporada. Na cerimônia, Evandro Neiva, secretário de Turismo de Itajaí, lembrou a importância da atividade para o estado inclusive como uma conexão com o Mercosul. O secretário ainda pontuou sobre a evolução dos navios sem a contrapartida dos destinos.



Para a temporada 22/23, a Costa trará novos navios, inclusive o recém-lançado Costa Firenze, inspirado na cidade berço do Renascimento, Florença. E será mais uma vez o maior navio a atracar no porto de Itajaí.



A apresentação das novidades para a próxima temporada aos agentes de viagens e convidados ficou a cargo da responsável pelo Marketing Digital e novos canais de venda para América do Sul, Cíntia Carlotti e o diretor comercial Ruy Ribeiro.


A Costa Cruzeiros atua há 74 anos no Brasil.


Comments


bottom of page